Ceará não transforma superioridade em gol e perde o Clássico-Rei
Campeonato Cearense

Ceará não transforma superioridade em gol e perde o Clássico-Rei

Rafael Costa abriu o placar, mas Anselmo e Núblio Flávio viraram

O atacante Bill esteve bem marcado em campo, mas ainda conseguiu criar algumas boas chances
O atacante Bill esteve bem marcado em campo, mas ainda conseguiu criar algumas boas chances
(Foto: Christian Alekson/CearaSC.com)

Na noite deste domingo, 13/03, o time do Vozão foi a campo mais uma vez pelo Campeonato Cearense 2016. Desta vez, o adversário foi o Fortaleza, no primeiro Clássico-Rei desta temporada. O jogo na Arena Castelão foi movimentado e o Ceará conseguiu manter a bola em seus pés por uma boa parte do tempo, mas não transformou a superioridade em gols, com isso, o time adversário mostrou eficiência e fez dois gols, vencendo a partida de virada por 2 x 1.

O jogo deste domingo começou muito movimentado. Aos três minutos, Pio cobrou falta e Éverson espalmou. Depois disso, João Marcos arriscou de longe e mandou por cima. Com seis minutos, Rafael Costa avançou no ataque e chutou forte, mas mandou rente à trave, com muito perigo. Três minutos depois, Serginho cobrou escanteio e Thiago Carvalho cabeceou, mas Edimar cortou com o braço e a arbitragem assinalou a penalidade. Na cobrança, Rafael Costa mandou no canto direito do goleiro: 1 x 0.

Em desvantagem, o Fortaleza passou a apostar nas bolas paradas, mas a defesa do Vovô conseguiu cortar todas as jogadas aéreas. Com 29 minutos, Pio tentou de fora da área e mandou para fora. Melhor em campo, o Ceará perdeu três boas chances. Na primeira, Tiago Cametá viu Ricardo Berna espalmar seu chute. Em seguida, Fernandinho cabeceou colocado e o camisa 1 adversário salvou. Com 35 minutos, em novo escanteio cobrado por Serginho, Rafael Costa cabeceou colocado e mandou por cima, com muito perigo.

O empate do rival aconteceu aos 40 minutos, quando Anselmo aproveitou passe de Juliano, ficou cara a cara com Éverson e mandou rasteiro, igualando o marcador na Arena Casteão. Depois disso, o jogo ficou mais disputado, no entanto o Alvinegro ainda tentou em finalização de Serginho, que buscava o canto direito, mas viu Ricardo Berna defender mais uma vez.

O segundo tempo começou com o Ceará pressionando muito, enquanto o Fortaleza seguia apenas se defendendo. No primeiro minuto, Ricardo Conceição, que entrou na vaga de Jhonnatan, chutou com força e mandou por cima. No minuto seguinte, Bill tentou de carrinho, mas não alcançou. Logo depois, Charles recebeu cruzamento e finalizou, mandando pela linha de fundo. Com oito minutos, Tiago Cametá arriscou de fora da área, mas Ricardo Berna defendeu.

Aos 15 minutos, Serginho chutou com força e o goleiro adversário defendeu mais uma vez. Depois disso, o camisa 10 cobrou falta colocada e a bola explodiu no travessão. Depois dos 30 minutos, Rafael Costa e Bill tiveram duas boas chances, mas não aproveitaram. Já o Fortaleza conseguiu ser eficiente nas jogadas e virou o jogo. Aos 35 minutos, Núbio Flávio recebeu na área e chutou cruzado, fazendo 2 x 1 para os mandantes.

Depois de sofrer a virada, o técnico Lisca mudou o time e mandou a campo Siloé e Assisinho nas vagas de João Marcos e Serginho, respectivamente. Nos minutos finais, o Alvinegro teve grande chance de empatar, mas Ricardo Berna salvou chute rasteiro de Thiago Carvalho, que tinha endereço do gol. Após o apito final, o Vovô lamentou o segundo jogo sem vitória na 2ª fase do Estadual e já se prepara para o jogo diante do Uniclinic.

Saiba mais sobre o Clássico-Rei de hoje: http://vozao.net/1LVvux5.

Participe das nossas promoções, clique AQUI e faça seu cadastro.


Relacionadas

Últimas