Cidade Vozão: Ceará é o 15º em Ranking Nacional de Futebol de Base
Categoria de Base

Cidade Vozão: Ceará é o 15º em Ranking Nacional de Futebol de Base

No estado, Alvinegro é o único que possui Certificado de Clube Formador

O Ceará é o único clube do estado a possuir o Certificado de Clube Formador emitido pela CBF.
O Ceará é o único clube do estado a possuir o Certificado de Clube Formador emitido pela CBF.
Foto: Lucas Moraes/cearasc.com

Em novo levantamento realizado pelo Dabase.com, portal referência na cobertura exclusiva das categorias de base do Brasil, o Ceará surge na 15ª posição. No último fim de semana, o time Sub-16 foi Campeão Invicto da Copa Carpina 2018. Único clube do estado a possuir o Certificado de Clube Formador, o Vovô tem a 3ª melhor base do Nordeste, atrás apenas de Sport e Vitória.

Não é de hoje que a base do Ceará vem sendo destaques pelos resultados em campo e investimento destinado na formação de atletas. Desde 2013, o clube conta com um Centro de Treinamento exclusivo para os times juniores. Localizada em Itaitinga, zona metropolitana da Capital, a Cidade Vozão é a casa da base alvinegra, e reúne, hoje, cinco categorias (Sub-11, 13, 15, 17 e 20).

Com uma infraestrutura impecável, o equipamento tem capacidade para alojar até 120 atletas. O número do staff de funcionários que dão suporte aos garotos passa dos 50. Em 2018, os times de base já conquistaram seis títulos. Comandado pelo técnico Daniel Rocha, o Vovô Sub-17 se prepara para a estreia na Copa do Brasil da categoria.

Do atual elenco profissional do Ceará, que disputa a Série A do Campeonato Brasileiro, três atletas são oriundos da base. Camisa 6 do Vovô, o lateral-esquerdo Felipe Jonatan, alçado ao time após lesão de João Lucas, vem sendo destaque nos aspectos defensivos e de comportamento tático no esquema de jogo do técnico Lisca. Robinho, um dos artilheiros do Santa Cruz nesta temporada, também faz parte do grupo especial que disputa a 1ª divisão.

Um dos principais personagens do título estadual de 2018, o atacante Arthur Cabral, 20 anos, também vem correspondendo na competição nacional. Na última rodada, o centroavante marcou o gol da virada sobre a Chapecoense, no Castelão. Com 21 gols somente nesta temporada, Arthur é protagonista da maior negociação de transferência do futebol cearense.

No Ceará, o sonho de ter uma megaestrutura exclusiva para os times de formação era antigo. Quem revela isso é João Studart, diretor das categorias de base do Alvinegro. O dirigente esclarece sobre a importância do processo de implementação da filosofia do clube já nas equipes juniores.

Para ele, o processo de lapidação na formação de atletas deve ser bem estudado e os resultados disso devem surgir a longo prazo. Estima-se que o atleta iniciado desde o Sub-11 atinja maturidade técnica, tática e emocional em sete ou oito anos. Studart enaltece o fato de que, em apenas cinco temporadas desde a aquisição do CT para a base, alguns jogadores formados na Cidade Vozão já figuram positivamente em campeonatos nacionais.

“Isso tudo é fruto de muito trabalho e de comprometimento da diretoria. A cada ano, o investimento tem crescido nas categorias de base. Nossas instalações, hoje, estão entra as dez melhores do País. No Ceará, exigimos a excelência do jogador. O nível de exigência é alto. O resultado disso nós vemos em campo”, avaliou o diretor.

Participe das nossas promoções, clique AQUI e faça seu cadastro.


Relacionadas

Últimas